Cliente

São João Boa Vista, fundada em 24 de junho de 1821, por Antônio Machado de Oliveira e os cunhados Inácio Cândido e Francisco Cândido, vindos de Itajubá, cidade de Minas Gerais, chegando à região às vésperas do dia em que se comemorava o culto a São João Batista, o que deu origem ao nome da cidade. O município possui cerca de 80.000 habitantes e está localizado na região polarizada por Campinas. Ocupa a posição leste, dentro do Estado de São Paulo, não longe da divisa do Estado de Minas Gerais. O percurso rodoviário é de exatamente 239 Km da capital São Paulo. As atividades econômicas são bastante diversificadas e passam por agricultura, pecuária, indústria e comércio.

Cenário

O município de São João da Boa Vista – SP foi um entre os milhares atendidos pelo Programa de inclusão digital do Governo Federal, o ProInfo. Como todas as cidades beneficiadas pelo programa, foram entregues as soluções para montagem dos laboratórios de informática com o licenciamento Userful Multiseat. Apesar da ótima qualidade do Software baseado em Linux, o Departamento de Educação de São João da Boa Vista percebeu que os alunos e funcionários tinham maior familiaridade com o Sistema Operacional da Microsoft, por esse ser o mais difundido no país. Além disso, os alunos estariam melhores preparados para o mercado corporativo que está por vir. Por esses motivos foi detectada a necessidade de instalação do Windows MultiPoint Server 2011.

Solução

O Windows MultiPoint Server 2011 (WMS) é um sistema operacional voltado para solução multiterminal e que permite compartilhar a plataforma Windows para até 20 estações de trabalho de forma simultânea e independente, a partir de um computador. Ideal para ambientes com muitas estações, como laboratórios de informática e bibliotecas, por exemplo. O WMS 2011 é capaz de gerenciar vários servidores MultiPoint em um único local. Agora, pode se controlar esses computadores de uma única interface de gerenciamento. Algumas das principais ferramentas do Sistema Operacional facilitam e otimizam a utilização. Por exemplo, com a possibilidade de interagir com outras estações, o gestor responsável por um laboratório de informática pode ver, a partir de sua estação, o que os demais usuários estão realizando. Muito interessante para ambiente escolar, pois possibilita que o responsável pela aula acompanhe o desempenho dos alunos de forma integral.

Implantação

Para se atingir o objetivo proposto, o Departamento trocou o Sistema Operacional de todos os laboratórios de todas as escolas que utilizavam Userful Multiseat. Ao todo são cerca de 1300 crianças atendidas.

Resultados

As novas ferramentas apresentadas pelo Windows MultiPoint Server foram muito bem aceitas pelos educadores da cidade do interior de São Paulo, a familiaridade do programa ajudou muito no processo de alteração.       “A participação dos alunos ficou muito maior e mais emocionante. Os professores e monitores viram essa modificação de comportamento. Os próprios monitores foram beneficiados, já que muitos não conheciam o outro software”, contou Tedd Onório, Gerente de TI do Município de São João da Boa Vista, que ainda elogiou o fato do software para multiterminal ter o mesmo visual gráfico da versão para PC comum.       “O fato de ter a mesma interface do Windows 7 ajudou muito as crianças. Algumas que têm computador em casa podem até ajudar as outras. Coisa que não acontecia antes, por isso, a troca de conhecimento é muito maior por todos”, completou.

Solução

  • Agora é possível controlar esses computadores de uma única interface de gerenciamento.
  • Melhor gerenciamento: o gestor responsável por um laboratório pode ver, a partir de sua estação, o que os demais usuários estão realizando.
  • Mais produtivo:  é possível bloquear mouse e teclado das estações, fazendo com que o gerenciador tenha atenção total do grupo enquanto fala.
  • Maior interatividade: É possível o uso de dois teclados e dois mouses em um único monitor, possibilitando atividades em duplas.